Os trilhos convergem ao longe

E lá vai meu trenzinho

--

SpanishPod101 — Spanish Grammar Archives

Lindas e delicadas mensagens

Lembram-me das passagens,

Do Natal, Fim de Ano,

Do dia, cada dia,

Das mães, dos pais, aniversários …

Obrigado!

Que estas e outras passagens

Sejam para vocês

Photo by Anthony Tran on Unsplash

De amanhãs alegres

Cheios dos mesmos votos,

De bem, alegrias,

Que para mim vaticinam.

Vantage Point Photography

Olho para trás

São já tantos ontem,

Trinta e dois mil e trezentos e vinte e seis

Até agora.

Todos, com poucas exceções,

Se tornaram em amanhãs

Photo by carli-jeen-unsplash

Alegres, promissores

É o que vejo.

As poucas exceções

Deixaram duras,

Sofridas lembranças

De amanhãs amargos,

Escuros, desoladores.

Se tirei proveito não creio

Depois de cada uma

Outra criei

Se não idêntica muito igual.

Caminho largo então,

Muita coisa à frente

Otimista, sonhador,

O futuro, muitos amanhãs,

Se perdiam de vista.

Otimista ainda,

Vejo estreitar-se o caminho,

El tren de la vida — gurena.com/blog

Como linhas,

Trilhos de meu trem da vida.

São paralelas

Em ilusória perspectiva.

Possíveis mudanças de rumo

Ainda?

Piuiii, piuiii,

Comenta minha maria-fumaça:

Enfim,

Cruzam-se, lá bem longe,

Na última estação

Que ainda não vejo.

Quando a vir

Irei desembarcar

Saudoso dos ontem,

Da viagem.

E, com licença do Chefe da Estação,

Escreverei em sua lousa

“Obrigado trenzinho,

Valeu!”.

--

--

Flavio Musa de Freitas Guimarães

Already watching the eighty-eight turn of the Earth in curtsy around its King, I’m an engineer that became a writer, happy, in perfect health, body and mind.